Conecte-se conosco!

Olá! o que está procurando?

Google

5 dicas para melhorar a segurança no Google Drive

Os serviços de armazenamento em nuvem apresentam muitos benefícios, mas é preciso protegê-los com algumas medidas simples de cibersegurança

O armazenamento em nuvem se tornou tão popular quanto o armazenamento externo. Não é à toa: a computação em nuvem é rápida, fácil de operar, prática, acessível, não ocupa nenhum espaço físico e requer apenas uma conexão com a Internet para utilizá-la. No entanto, há muitos benefícios em fazer isso, mas deve-se lembrar que, se não houver proteção adequada, os dados armazenados enfrentarão riscos de segurança.

Proteja sua conta com duplo fator de autenticação

Primeiro, é importante saber quais fatores de autenticação existem. São eles:

continua depois da publicidade
  • Senha ou código PIN;
  • Algo que o indivíduo possui, como uma chave física ou um token de segurança;
  • Algo que faz parte da pessoa, como a impressão digital ou a retina, ambas utilizadas por meio de um scanner.

O duplo fator de autenticação requer o uso de dois desses fatores para fazer login na conta. Normalmente, a senha é um método de escolha, o outro é determinado pelo usuário. Portanto, mesmo que os cibercriminosos obtenham a senha e tentem acessar sua conta, eles ainda não têm a chave desse quebra-cabeça.

Evite download de aplicativos de terceiros

Aplicativos de terceiros (como extensões e plug-ins) são populares porque podem ajudar as pessoas a otimizar as tarefas que estão executando ou organizar seu trabalho em partes digeríveis, mas é importante considerar os aspectos relacionados a esses complementos.

Antes de instalar um desses plug-ins, a primeira coisa a considerar é ler os comentários e avaliações de outros usuários. Mesmo que raramente seja seguido, a próxima etapa é ler a política de privacidade do provedor, os termos de serviço e a política de exclusão.

continua depois da publicidade

Criptografe seus dados

É inegável que, com a popularidade dos serviços de armazenamento em nuvem, ele se tornou mais seguro. Apesar disso, o erro humano e as atividades cibercriminosas continuam e podem abrir a porta para invasões. Portanto, é necessário criptografar os dados. Com a criptografia adequada, mesmo que um hacker consiga invadir o disco ou distribuir o conteúdo para a Internet, os dados serão inúteis sem a chave de descriptografia.

Existem muitas soluções de criptografia, é melhor escolher uma solução de criptografia que forneça o Advanced Encryption Technology Standard (AES), que foi desenvolvido pelo Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia (NIST, na sigla em inglês).

continua depois da publicidade

Defina permissões

Veja quais permissões são concedidas à pessoa que compartilha o arquivo. Os usuários com permissões de leitor podem visualizar os arquivos na pasta e os usuários com permissões de editor podem organizar, adicionar e editar arquivos. O mesmo é verdadeiro para o envio de links predefinindo as funções a serem atribuídas. Porém, no caso de um link, ele pode ser enviado a outras pessoas. Lembre-se sempre disso.

Quem pode mesmo ver seus arquivos?

Embora as permissões administrativas sejam importantes, você também precisa considerar quais tipos de arquivos e com quem você os compartilha. Se os dados a serem compartilhados forem confidenciais, você precisa se certificar de que a pessoa que os compartilha está segura e não os transmitirá a outras pessoas.

continua depois da publicidade

Com informações de ESET / Olhar Digital

continua depois da publicidade
Escrito por

Clique aqui para adicionar um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se no Canal

Anúncio

Anúncio

Você pode gostar ⬇️

Publicidade

Copyright © 2016-2020 GA Suporte Tech.