A partir do dia 23/07, parte das pessoas que enfrentam problemas para acessar o aplicativo Caixa Tem poderá liberar o acesso enviando documentos pelo WhatsApp, anunciou hoje a Caixa Econômica Federal. O app é usado pelo governo para pagar o auxílio de R$ 600 e o FGTS emergencial.

Desde a semana passada, trabalhadores relatam ter recebido um aviso para ir até uma agência da Caixa com um documento de identidade para comprovar que são os titulares das contas e desbloquear o uso do app. Ontem, a Caixa confirmou o bloqueio de “centenas de milhares” de contas, devido à identificação de fraudes.

O uso do WhatsApp para enviar documentos valerá apenas para quem teve o acesso bloqueado em razão de “inconsistências cadastrais”, que são 49% dos afetados pelo bloqueio, segundo a Caixa.

Quem teve o acesso bloqueado por causa de suspeita de fraude (51%) continuará tendo que comparecer a uma agência da Caixa com documento de identificação para comprovarem que não houve irregularidade.

Nesse caso, a pessoa prejudicada deverá procurar uma agência a partir do dia de pagamento do auxílio emergencial no calendário do “Ciclo 1” (veja o cronograma completo mais abaixo).

Documentos via WhatsApp

Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, 49% das pessoas que estão com acesso ao Caixa Tem bloqueado apresentam “inconsistências cadastrais”, sem indício de fraude. A partir desta quinta-feira (23), essas pessoas poderão acessar o aplicativo Caixa Tem para pedir o desbloqueio.

O próprio app dará orientações sobre como enviar os documentos via WhatsApp. De acordo com o presidente da Caixa, após o envio dos documentos, o desbloqueio de todas as funções do Caixa Tem deve acontecer em até 24 horas.

Caixa Tem WhatsApp - Reprodução/Caixa - Reprodução/Caixa
Apenas quem teve acesso bloqueado por “inconsistência cadastral” poderá regularizar Caixa Tem via WhatsApp

Alerta sobre tentativa de golpes via WhatsApp

Guimarães afirmou que ninguém deve acessar links enviados diretamente pelo WhatsApp ou por outras redes sociais. Somente o link repassado dentro do próprio app Caixa Tem é confiável para o envio de documentos particulares à equipe do banco.

Nenhum outro aplicativo tem validade [para pedir documentos]. O único app em que essa informação é válida é o do Caixa Tem. É relevante isso para evitar qualquer envio de documentação dos clientes para pessoa que não esteja efetivamente analisando a questão.

Se houver suspeita de fraude, tem que ir à agência

Quem teve o acesso ao Caixa Tem bloqueado por suspeita de fraude receberá a seguinte mensagem: “É necessário regularizar seu Acesso. Procure uma agência, de acordo com o seu calendário de recebimento”.

Nesse caso, não será possível regularizar a situação via WhatsApp. Será necessário ir até uma agência da Caixa.

Segundo o presidente do banco, as agências só vão atender quem já teve o dinheiro depositado durante o chamado “Ciclo 1” de pagamentos do auxílio emergencial.

A data varia conforme o mês de nascimento. Hoje receberam os aniversariantes de janeiro. Veja a seguir o calendário completo:

Pedro Guimarães não explicou como fica a regularização para quem está com problemas no Caixa Tem mas não recebe o auxílio emergencial. O aplicativo é usado também para depositar o FGTS emergencial e, para algumas pessoas, o BEm (Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda).

Com informações de UOL

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Caixa Tem