O WhatsApp anunciou, nesta quarta-feira (12), que ultrapassou a marca de 2 bilhões de usuários em todo o mundo. O mensageiro é o segundo aplicativo de propriedade do Facebook a conquistar o feito desde que a rede social atingiu o mesmo número, em 2017.

Lançado em 2009, o app de mensagens celebra o recorde histórico prestes a completar 11 anos e passados pouco mais de cinco anos desde que foi adquirido pela empresa de Mark Zuckerberg por US$ 16 bilhões, em 2014.

O anúncio foi feito no blog oficial do WhatsApp, em que o mensageiro aproveitou a oportunidade para reiterar seu compromisso em proteger a privacidade dos usuários. “O WhatsApp nasceu com o objetivo de oferecer um serviço simples, confiável e privado. Continuaremos com o mesmo compromisso inicial: ajudar a conectar o mundo com privacidade e proteger a comunicação pessoal de 2 bilhões de usuários em todo o mundo”, disse a empresa.

O recorde veio pouco mais de dois anos após o WhatsApp atingir a marca de 1,5 bilhão de usuários ativos por mês, em 2018. Desde então, a popularidade do mensageiro só fez crescer: em janeiro, o aplicativo chegou a 5 bilhões de instalações na Google Play Store, loja de apps para celulares com sistema Android.

No Brasil, o WhatsApp foi o aplicativo mais usado em 2019, segundo relatório da empresa de monitoramento App Annie. O mensageiro também ocupou a liderança no ranking mundial de usuários ativos por mês, que leva em conta celulares Android e iPhone (iOS).

O último ano foi, de fato, importante para o WhatsApp: um levantamento da empresa de análise de dados Sensor Tower aponta, ainda, que o WhatsApp terminou 2019 como o aplicativo mais baixado do mundo. Foram cerca de 850 milhões de downloads, somadas as lojas Google Play Store e App Store.

Via WhatsApp e The Next Web

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in WhatsApp