5 dicas para proteger sua privacidade digital [2022]

Durante a pandemia, recorremos a ferramentas de videoconferência e mídias sociais para manter contato com a família e facilitar o trabalho. Ao fazer isso, expusemos nossos dados a ainda mais ameaças.

Pode ser tentador esquecer os avisos que os visionários do passado nos diziam “dados são o novo petróleo!”, mas com os especialista ainda alertam: quem detém os dados detém o futuro.

Neste artigo, daremos 5 ideias e dicas sobre como proteger melhor sua privacidade online e manter o controle sobre suas informações financeiras e pessoais.

#1. Use um gerenciador de senhas

Uma pessoa, em média, utiliza 70-80 senhas ao redor da internet. Como resultado, muitos de nós acabam reutilizando as mesmas senhas ou confiando em senhas fáceis de lembrar; mas igualmente fáceis de adivinhar.

Um gerenciador de senhas oferece um local seguro para armazenar suas senhas enquanto monitora suas fraquezas e repetições, ajudando a criar senhas novas e fortes. Muitos gerenciadores de senhas são gratuitos, pelo menos até certo ponto.

#2. Limite os Adwares usando um bloqueador de anúncios

Os Adwares são enviados para nos testar. Eles podem ser projetado para coletar informações para que vejamos apenas anúncios relevantes em nossos feeds, mas às vezes vão muito além do que devem.

Alguns adwares são tão persistentes que o seguirão pela web, rastreando seus passos digitais e coletando migalhas de informações, como sua localização.

Bloqueadores de anúncios autônomos, como AdBlock e o uBlock Origin, estão disponíveis como extensões de navegador gratuitas – alguns softwares antivírus também agrupam bloqueadores de anúncios em seu conjunto de ferramentas de segurança cibernética.

#3. Use uma VPN para se manter seguro em redes públicas

As redes Wi-Fi públicas são o equivalente virtual a um bairro desonesto, onde cibercriminosos, hackers e outras pessoas com más intenções estão vagando em cada esquina.

O uso de uma conexão Wi-Fi pública expõe você a uma variedade de ameaças cibernéticas, sendo a mais prevalente os ataques Man-in-the-Middle, nos quais seus dados são interceptados antes de chegarem ao ponto de conexão.

Você pode baixar as melhores vpns gratuitas aqui para adicionar uma camada extra de segurança em seus dispositivos. Além disso, se você não instalou os patches de segurança mais recentes para seu sistema operacional, seu dispositivo também pode estar vulnerável.

Evite ao máximo utilizar redes de Wi-Fi públicas, porém se for necessário usá-las tenha certeza que seu dispositivo está atualizado e sua conexão protegida com uma VPN.

#4. Atualize suas configurações de privacidade em redes sociais

Você pode ter, inconscientemente, dado a todos os tipos de aplicativos e sites permissão para interagir com o seu perfil no Facebook.

Você pode, se tiver uma manhã de sobra, usar a ferramenta Off-Facebook Activity do Facebook para rastreá-los e retirar essas permissões. Além do Facebook, é aconselhável ajustar várias configurações para melhorar sua privacidade online. Esses incluem:

  • Não usar dados de localização ao postar;
  • Impedir que usuários marquem você em fotos;
  • Restrinja o acesso seu endereço de e-mail e número de telefone;
  • Desativar a personalização de anúncios;
  • Entre outras configurações de privacidade em aplicativos e sites.

O phishing é uma cepa virulenta de engenharia social e os e-mails de phishing geralmente tentam convencer o destinatário a clicar em um link ou abrir um anexo. A melhor maneira de pará-los é, simplesmente, não clicar em qualquer coisa que não seja de uma fonte confiável.

Existem alguns outros tipos de phishing que são menos fáceis de detectar. Por exemplo, spear phishing é quando você recebe e-mails de uma fonte que se apresenta como uma instituição conhecida por ser confiável (uma clínica de saúde, um banco ou mesmo o governo), solicitando que você revele informações pessoais.

Seja qual for a instituição, evite compartilhar seus dados antes de uma cuidadosa inspeção.

Para fechar

Seja usando um gerenciador de senhas, instalando um bloqueador de anúncios ou encontrando uma VPN gratuita, existem muitas ferramentas disponíveis para ajudá-lo a navegar anonimamente e manter rastreadores e hackers longe de você.

Se você não gosta de ferramentas de segurança cibernética, pode melhorar seu nível de privacidade online simplesmente alterando seu comportamento e aumentando sua conscientização.

Seja qual for a abordagem que você decida adotar para proteger sua privacidade online, continue acreditando que, não apenas isso é possível, mas também é seu direito.

Total
0
Shares
0 Share
0 Tweet
0 Share
0 Share
0 Pin it
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Related Posts